O Futebol Socializa as Crianças sem preconceitos.

O Futebol socializa as crianças, ensinando a viverem sem preconceitos. O futebol é uma “Paixão Nacional”, o mundo refere-se ao Brasil, como .”O País do Futebol”.

Se você tem um filho, incentive-o, existem várias escolinhas de futebol na cidade do Gama. O fundamento das escolas,  não é somente ensinar,  as partes físicas, técnicas e táticas,  é também a dinâmica do trabalho em equipe.

As escolas de futebol estão abertas à todas as crianças, inclusive com deficiências de transtornos físicos,  síndrome de down, etc.

É louvável que tenham escolinhas de futebol no Gama-DF, que utilizam o esporte, como instrumento educativo, que ajudam as crianças a superarem as frustrações, desafios,  atingimento de metas, indiferença, preconceitos, e principalmente ensinando a compreender o sentido das vitórias e derrotas na vida.

Muitos jovens podem recuperar a infância através do futebol. O esporte estreita as relações na convivência em sociedade, protegendo contra violências,  e drogas.

O Futebol é uma excelente ferramenta para afastar os jovens das tentações do mundo e preconceitos. É também, um importante meio de canalizar a energia das crianças, evitando comportamentos inadequados,  e violentos.

PROJETOS E ESCOLAS DE FUTEBOL, trabalham OS SERES HUMANOS, objetivando a formação e o desenvolvimento de atletas e cidadãos, na busca pela saúde, responsabilidade, educação, diversão, inteligência, e principalmente a SOCIALIZAÇÃO SEM PRECONCEITOS.


O jogador Márcio, é atleta do Penharol, time das divisões de base na cidade do Gama-DF.

Uma história incrível de superação. Portanto, vejam o que o esporte, é capaz de fazer na vida do ser humano.

O Márcio, nasceu em 1977, portanto, tem 39 anos,  é atleta especial com idade mental entre 11 à 13 anos, isso é comprovado através de laudos médicos. Ele toma remédios controlados.

O Márcio era um jovem muito agressivo, teimoso,  impaciente em casa com todos os membros da família,  inclusive com a sua mãe, não participava da escola, eram comportamentos em decorrência da doença.

Foi através da prática do futebol que teve a vida transformada,  portanto,  hoje é um jovem que trabalha vigiando carros, estuda, obedece a sua mãe, exemplo de superação.

Em fim, foi praticando esporte no Penharol, que o atleta Márcio teve as portas abertas para a socialização, encontrou pessoas que acreditaram na superação dele, portanto, parabéns a Presidente de Honra do Penharol, Joanildes e demais membros da Comissão Técnica e Diretoria, pelo belo exemplo de inclusão social do atleta Márcio.

 

Be the first to comment

Leave a Reply