Após a perda do título da Sul-Americana, o Flamengo precisa reavaliar o futuro para 2018

O Flamengo tem urgência em reavaliar um novo futuro, algumas contratações foram equivocadas, por exemplo: cadê o camisa 10? Um jogador que desequilibra, que seja decisivo, esperava-se que o Diego assumisse essa lacuna deixada pelo eterno ídolo Zico. Entre outras funções, o camisa 10, é aquele que chama a responsabilidade para si, que faz a diferença numa grande decisão, portanto, o Diego, é aquele típico jogador, que é muito esforçado, chama para si o jogo, corre o campo inteiro, mais não é produtivo, toca a bola de lado, não encara o adversário de frente, não costuma deixar o companheiro na cara do gol.

Outros jogadores fizeram isso, fizeram esse papel que o Diego deveria fazer e foram mais produtivos, são os casos de Lucas Paquetá e Vinicius Júnior. Ontem o garoto Paquetá fez uma partida brilhante, chamou para si a responsabilidade, fez o gol, partiu para cima dos zagueiros, incorporou a mística rubra negra, já Vinicius Júnior, toda vez que entra em campo, dar outra dinâmica no jogo.

É obvio que a torcida Flamenguista está decepcionada, porém, existe um grande alento de esperança, vejo a garotada como: Lucas Paquetá, Vinicius Júnior, César, Felipe Vizeu, como atletas promissores. O maior exemplo na partida de ontem, foi justamente Lucas Paquetá, todas as jogadas perigosas passaram por ele, sendo aquele típico jogador que desequilibra, chato, que abre a zaga adversária, muito objetivo, joga sempre buscando o gol, joga pela direita, esquerda, centraliza pelo meio, em fim, ta nascendo um futuro craque do futebol brasileiro.

Algumas lições ficaram em 2017, e não podem ocorrerem em 2018, ter dinheiro não significa contratar corretamente, vários jogadores não justificaram o auto investimento, são eles: Everton Ribeiro, Geovânio, Rhodolfo, Conca, Rômulo, e Diego, esperava-se muito mais. Investir corretamente significa, utilizar os recursos disponíveis para contratar jogadores para suprir carências em determinados posições do time.

Com relação ao Técnico Rueda, ele queimou toda a gordura em 2017, o tempo de adaptação ao futebol brasileiro não será mais uma desculpa, portanto, ele será muito cobrado em 2018, tendo que rever conceitos, esqueça tático, e reavaliar com a diretoria, quais jogadores permaneceram e saíram do clube, e principalmente planejar futuras contrações.

Pelo que ser observa-se nos jogos apresentados pelo time, o Flamengo precisa de jogadores para as seguintes posições: Lateral direito, lateral esquerdo, um segundo volante, mais um zagueiro, e um centroavante.

Alguns jogadores estão totalmente fora de contexto do time, como por exemplo: o lateral direito Pará, não marca e nem ataca, e quando cruza, faz errado, o lateral esquerdo Trauco, ótimo apoiador, e péssimo marcador, o volante Willian Arão não está jogando nada, totalmente , sem preparo físico, chega atrasado nas jogadas, erra muitos passes, é displicente no jogo. É bem provável, que a diretoria do Flamengo, dispense os seguintes atletas: Rafael Vaz, Muralha, Pará, Gabriel, Mancuello.

Algumas especulações surgem no clube, como por exemplo: Tardelli, Gabigol, Ricardo Goulart entre outros./p

Em fim, quem vestir a camisa do Flamengo em 2018, terá que suar sangue, será cobrado 24hs,terá que entender muito mais da história do clube,dessa forma, conquistará o respeito e a admiração da Nação Rubro Negra.

Be the first to comment

Leave a Reply