No ano passado foi uma grande surpresa – (zebra mesmo). O Bolamense venceu naquela oportunidade por 2 a 1, nesse ano, as coisas foram totalmente diferentes. Gama e Bolamense se enfrentaram novamente no Bezerrão. Desta vez, no entanto, o torcedor gamense teve motivos de sobra para sair comemorando. Diante de um público 1.889 pessoas, o Gamão do Povão em apenas 31 minutos aplicou uma sonora goleada pelo placar de 5 a 0 no Bolamense. O nome do jogo foi o atacante Jeferson Maranhão, que em oito minutos – ou seja, 23, 27 e 31 do primeiro tempo – fez três vezes. Além dele, outro jogador brilhou, trata-se do volante Tarta faz os dois primeiros gols da partida, aos 11 e 17.


O JOGO No minuto inicial, o Gama mostrou ao que veio. Justamente com o astro da noite, o atacante Jefferson Maranhão. Ele arrancou pela direita, deixou dois marcadores para trás e cruzou para Wisman desviar de cabeça. Quase o primeiro. E o gol não demorou. Aos 11, o volante Tarta cobrou falta da esquerda, a bola cruzou a área e morreu no fundo das redes. Gama 1 a 0. Seis minutos depois, o volante mostrou, mais uma vez, que estava com a perna calibrada. Em cobrança de falta certeira, Tarta não deu chances ao goleiro e marcou o segundo. Gama 2 a 0.
Aos 23, começou a brilhar a estrela de Jefferson Maranhão. O atacante recebeu um lançamento, arrancou, driblou o goleiro e empurrou para o gol aberto. Gama 3 a 0.
Quatro minutos depois, bola alçada na área em escanteio e, após bate-rebate, Jefferson Maranhão completou de cabeça. Gama 4 a 0. Aos 29, pênalti para o Bolamense. Só que Calaça transformou a chance de reação do adversário em um contra-ataque mortal. O goleiro alviverde defendeu a penalidade, o Gama saiu em disparada e, ao receber na área, Jefferson Maranhão marcou seu terceiro gol em sete minutos, completando o hat-trick. Gama 5 a 0.
Na segunda etapa, o alviverde tratou de cadenciar o jogo. Com a vitória encaminhada, a equipe manteve o jogo no campo de ataque, com toques rápidos.
Aos 32, o atacante Wisman quase deixou o dele. Após deixar os marcadores para trás, invadiu a área e finalizou forte. A bola carimbou a trave e, na volta, o goleiro do Bolamense brilhou, salvando o chute de Victor Xavier.
A partida terminou em 5 a 0. Na próxima quarta-feira (30), o Gama viaja até Paracatu, para enfrentar os anfitriões no estádio Frei Norberto, às 16h, pela segunda rodada do Candango



Público: 1.889 pessoas
Renda: R$ 21.570,00

Árbitro: Vanderlei Soares
Assistentes: Renato Gomes e Lucas Modesto
4º Árbitro: Leandro Almeida

GAMA
Rodrigo Calaça; Alex Santos, Samuel (Gusttavo), Emerson e Mário Henrique; Tarta (Júlio César), Gilsinho e Norton (Wanderson); Jefferson Maranhão, Wisman e Vitor Xavier Técnico: Vilson Tadei

Gols:
Tarta (11’ e 17’ – 1ºT) Jeferson Maranhão (23’, 27’ e 31’ – 1ºT) Cartão amarelo: Mário Henrique

BOLAMENSE
Kaiky; Danic (César), Davi, Edson Negão e Michel; Ismar, Lucas Kattah, Igor (João) e Max; Alessandro e Yuri (José) Técnico: PC Alencar
Cartão amarelo: Max

Entrevista com o zagueiro Emerso, equipe Rádio Gol Comunidade FM 98,1

Destaque do Jogo:
Jeferson Maranhão
Idade: 29 anos
Times: (2009: Palmeiras e Moto Club), (2010: IAPE), (2011: PARANA, ITUANO), (2012: AVAI, MOGI MIRIM), (2013: AVAI, BRASILIENSE), (2014: ATLETICO SOROCABA, CRB), (Mirassol, Linense, Madureira, Sertãozinho, Linense, Penapolense, último time dele, foi o Itumbiara.

Entrevista com Jefferson Maranhão, Equipe Rádio Gol Comunidade FM 98,1

Próximos Jogos:

2º rodada Paracatú F.C X S. E. Gama 16:30 Qua 30/01/2019 Frei Norberto

3º rodada S. E. Gama X CAPITAL 17:00 Dom 03/02/2019 BEZERRÃO



Faça parte do nosso Grupo no Whatsapp e participe dos Bolões dos Gamados. Pra entrar é facíl, é só mandar uma mensagem para o numero 61 982332985 com a mensagem “EU SOU GAMADO POR FUTEBOL”, pronto, nos te adicionaremos no Grupo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *